Sereia-me Mermaid-me

fotografia

2018

Em algumas concepções, masculinizar-se é abdicar-se da beleza. Neste tríptico fotográfico, a degradação da figura da sereia faz alusão ao popular hábito social de "colocar as pessoas em caixas". Em seu habitat natural, o artista caracterizado como uma sereia, representa sua livre forma de expressão, e ao ser transferido à uma banheira, perde os cabelos e o semblante alegre, condicionado à uma forma artificial de vida para uma criatura do mar.

In some conceptions, to masculinize is to give up beauty. In this photographic triptych, the degradation of the mermaid figure alludes to the popular social habit of "putting people in boxes". In his natural habitat, the artist, characterized as a mermaid, represents his free form of expression, and when transferred to a bathtub, he loses his hair and his cheerful countenance, conditioned to an artificial way of life for a sea creature.

69º Salão de abril - casa do barão de camocim. fortaleza, ceará - brasil

coletiva eixo 3ª edição

© 2020 by Thiago Sguoti