Artista Visual, performer, educador e pesquisador.

Ativista LGBTQIA+, Thiago Sguoti traz em sua produção artística, uma crítica ao sistema de imposições de gênero de nossa sociedade atual. Através da pintura e da performance, Sguoti se apropria de um ser mitológico para representar suas ideologias em relação à beleza, sexualidade e identidade. 

 

A sereia dentro de muitas culturas, é um grande símbolo de estética feminina e sensualidade. Sua imagem já é um estereótipo enraizado no inconsciente coletivo das pessoas, assim como políticas assimilacionistas de gênero presentes até mesmo na comunidade LGBTQ. 

 

O artista confronta tais imposições ao desfigurar um ícone de beleza, visando causar estranheza e reflexão. Uma mulher com cabeça de peixe em um corpo humano, não é algo convencional de se esperar. A ideia de uma mulher metade peixe somente da cintura para baixo, assim como as expressões femininas e masculinas correspondentes aos ideais heteronormativos, já são padrões pré estabelecidos.

       

Sguoti busca trazer mais visibilidade às pessoas que não se enquadram nos costumes normativos do nosso mundo. Como peixes fora d’água.   

© 2020 by Thiago Sguoti